domingo, 23 de dezembro de 2007

#6: DIHsastres do ano. Filmes.

Olá meus caros amigos leitores (que se resumem a: Eu, minha mãe e poucos amigos que eu ameaço de morte via msn. Mentira, nem minha mãe acessa isso cara. Que decadência...), vejo que vocês estão bem animados para as listinhas básicas de fim de ano. Não? Nem eu.

Como não podia deixar de ser, milhões de sites pela internet à fora estão fazendo listas de melhores acontecimentos do ano, melhores filmes, melhores receitas, melhores tombos, melhores raios-que-o-partam. E, como não podia deixar de ser, eu estou aderindo a moda e fazendo a lista ao meu jeito: indicando os melhores DIHsastres do ano ou, bem dizendo, os piores do ano.

Eu não podia começar de outra forma a não ser pelos filmes, afinal de contas é uma paixão de minha pessoa que, volta e meia, posto indicações e críticas de diversos filmes. Então, mãos a obra. E só um detalhe, se você quiser ver uma lista de bons filmes em um oscar blogal sobre eles, acesse o Blog do Júlio, ele entende do negócio.

Top 10 filmes que você não pode deixar de ver, para ver o quanto um filme pode ser horrível e degradante, comendo horas de sua vida que jamais serão resgatadas!

OBS: Só para constar, esse top 10 é de filmes que EU vi esse ano, não necessariamente que foram lançados nesse ano.

DEZ - Tropa de Elite.
Ahn.. a, nem me olha assim. Eu sei que você sabe que filme é esse ¬¬'

QUÊÊÊ? PIORR?
Tropa de Elite, osso duro de roer. E Põe osso duro nisso. Filme desnecessário na minha vida. Morte. Xingo. Xingo. Morte. Polícia. Morte. Gritos. Morte. Fim. Mas, pelo menos, conseguiu ser bem melhor do que o pior filme do ano anterior, Cidade de Deus.


NOVE - Turistas
Para quem não sabe de que filme se trata, o que eu acho difícil, uma simples explicação: Grupo de turistas, de várias partes do mundo, passam uma temporada no Brasil, onde mostra o país como um lugar de pessoas interesseiras e que pegam seus orgãos para venda, ou doação em hospitais carentes, assim que tem uma chance.

Porque ele ocupa a posição de nono colocado, Tio Dih?
Simples: História fraca, fotografia legal e, o principal, estrangeiro falando mal do Brasil. Po**a, eu sou brasileiro e posso xingar, mas não os outros, tá ligado mermão?


OITO - Maria Antonieta
Filme da ilustre Sofia Coppola onde mostra a vida da princesa holandesa (não lembro ao certo se era holandesa..) que vai até a frança casar-ser, tornando-se a rainha da França ao lado de seu marido, o rei (Não diga! xD)

Porque está aqui? Cara, como eu odeio a Sofia Coppola. Deixa eu explicar, somente ela me leva a amar e odiar um filme, deixar-me em cima do muro e ponderar os dois lados. Ficar ali, balançando no ar feito uma bola de basquete em final de um jogo disputado, onde apenas aquele ponto definirá a partida. Se eu caio e faço ponto para o time 1, fazendo-os felizes ou não entro e faço o time-2 feliz, isso é um mistério. Ficamos assim, no empate.

E é por isso que eu não podia deixar de por ele aqui, como prova de meu odio para com essa brilhante diretora e escritora.


SETE - Freddy vs Jason
Dois personagens clássicos, principais por 99% dos pesadelos de crianças durante os anos 70 se encontram juntos, para batalhar.

Ahn, porque? Personagens respeitadíssimos no terror internacional, desfrutando de fama e glamour para todo o sempre. Do nada eles se encontram em alguma festa vip de horrores por aí e PÁ, decidem se confrontar sem razão alguma. Pronto, tá feito o filme. E tá feito o DIHSASTRE, claro. O que são aquelas lutas cretinas? Cara, até eu faço melhor com uma camera digital que filma 30 segundos e sem som! Por favor, nunca junte dois personagens legais se for para destruí-los e denegrir sua imagem, OKAY? Só para constar, crianças que assistem esse filme morrem de rir e acham até bonitinho.


SEIS - A Passagem
História de um psicólogo que teme seu paciente por ele fazer previsões que concretizam. O mesmo paciente alerta-o que ele se matará em três dias, fazendo o médico ficar em caos e sair por aí a procura de um porque ele se mataria.

Nossa, que confuso! Nem me diga, fiquei boiando mó parte do tempo. E quando eu descobri o que tava acontecendo, e entendi, me arrependi. Preferia ter ficado na ignorância total do que saber da idiotice que fizeram com um filme de trama legal, fotografia impecável e trilha sonora invejável. É uma pena.


CINCO - Xuxa Gêmeas
Xuxa tem uma irmã gêmea do mal que faz provocar milhares de loucuras ao decorer da história que, claro, a culpa cai sobre a gêmea boa.

Que foi? Nem vou perguntar mais... DEUS, faça a xuxa parar de fazer quinhentos mil filmes chatos por ano, pela'mor. Antes ela fazia uns filminhos até legais, confesso. Mas agora, meu. Fala sério, desde quando começaram a apelar para roteiros mexicanos, formato nacional pior do que o original, para filmes infantis? E sem falar na gêmea má da xuxa, que mais parece uma daquelas bonecas de plásticos da atriz, que são feitas lá na China com crianças de trabalho escravo. Fala sério.


QUATRO - O Cheiro do Ralo.
Filme nacional que apenas invoca um sentido: levar até as pessoas o excitante (?) cheiro do ralo através de um homem que é obscecado por bundas.

Porque ele tá na quarta posição, fío?
Um filme que tem como personagem principal um cara louco por bundas, e cheiro de ralos, não poderia deixar de ser nacional. O Filme é igual o cheiro do ralo, uma merda.


TRÊS - O Vingador da Noite
Produção tailandesa (?) que mostra um herói índigena que ganha poderes sobrenaturais. Conhece uma moça, quando a salva, e ela trai sua confiança apenas para ter uma boa notícia e se firmar como Jornalista local.

Explica aí, tíío! Esse é o pior filme que eu vi na minha vida. Foram as duas PIORES horas que eu passei e que nunca mais as resgatarei. Infelizmente. Fotografia péssima, audio horrível, história idiota e o personagem principal tem cara de retardado. Só para constar, o cara faz sua mascara com um caco de vinil, sim VINIL. Agora me pergunto o seguinte: quem estava ali, no circo, com um vinil? E o pior: quem iria deixar ele cair, quebrar certinho no formato de um rosto, com espaços para os olhos e, CLARO, entortar sem derreter o necessário para que ele voasse em terra e não deixasse cair a mascara. Fala sério, né? E sem falar que eu odiei ser enganado pela caixinha, que parece ser um filme super legal e emocionante. Mas no fim, é aquela banalização lá. Nem sei como um filme desses conseguiu sair em circuto internacional de divulgação.


DOIS - Cidade de Deus.
Filme nacional que conta a história do Zé Pequeno, que ficou nacionalmente conhecido no seu ano de lançamento. Chegou até ir para oscar e tal tal. Todo mundo sabe que filme é esse, se não sabe é porque morou num ovo todo esse tempo.

Porquêêê esse ódio? Xingos, tiro, morte e MUITOOOO palavrão. Sem falar num país demonstrado de forma subdesenvolvida à extremos onde apenas o medo, caos e violência predominam no país. Aaah, mulher pelada também, claro.


UM - Teeth
Como não poderia deixar de ser, a menina com dentes a mais no corpo leva a posição. Não, eu não vi ainda e não, ele ainda não saiu. Mas após ler esse post, alguém tem dúvida de que ele tem força o bastante para assumir a primeira posição?



- Krrish, O Vingador da Noite. Hehe, uma merda (:

Um comentário:

Júlio Boll disse...

Valeu pelo presente Dih!
=DDD
SUAUHSAHUASHUSAUHUHAS

Tropa de Elite em décimo. Começa a pesquisar o preço da forca(?), pq a galera vai querer te matar xD