terça-feira, 16 de setembro de 2008

Os Condenados


- Vai falar que o cara do meio não parece o John do Lost?

Na volta das postagens sobre Filmes, cá está um filme que eu vi ontem. Os Condenados apresenta a história de Ian, um famoso produtor de Tv que é louco pelo sucesso absoluto a qualquer custo e dez condenados a cadeira elétrica de presídios espalhados pelo mundo.

A idéia é simples: Junte dez condenados em uma ilha e deixe-os brigar até a morte em um Reality Show sem cortes via internet. E é isso que Ian faz. Tirando cada pessoa de um país diferente, ele paga diretores corruptos de cadeias e joga na ilha. Com um sistema de propaganda destinado a site de Games, Pornografia e Jogos de aposta On Line, Ian consegue ter a marca de 40 milhões de usuários pagantes para assistir a matança.

A história dos dez personagens são contatos bem por cima, apenas com diálogos curtos e rápidos. O principal desse filme é o mesmo que o do reality Show, fazer com que a principal atração seja a ação na ilha, e nada mais.

O que eles não contavam, era com a presença de Conrad entre os concorrentes. Agente especial de missões secretas do governo americano, ele foi preso em missão e acabou sendo comprado para parar no reality show e a partir de lá, conseguir sair vivo e voltar para a sua família.

O filme nos faz pensar em como os seres humanos agem e se é isso que queremos ver, a degradação do outro apenas para o nosso entretenimento. E, enquanto isso, mostra o drama da Namorada de Ian, Julie, tentando salvar sua consciência - e também seu namorado da destruição total - nos bastidores do programa e também como funciona a injustiça do governo americano para com os seus agentes especiais.

O filme conta com Vinnie Jones (Eurotrip e Garfield 2) no papel de um agente especial inglês, que está na mesma situação que Conrad, foi largado e injustiçado pelo seu país. Porém, ao contrário dele, McStarley (personagem de Vinnie) prefere se vingar de todos ali e apenas cair fora com a sua liberdade e muito dinheiro no bolso.

A locação da filmagem é um show a parte, a ilha é belíssima. Sabe a Ilha de Lost? Bem, essa ilha dá de dez mil naquela. Perfeita. As cenas aéreas feitas por helicópteros são lindas de se ver. Pena que quase não aparece no decorrer do filme muito a ilha, apenas no começo mostra com alguns detalhes, mais para frente eles deixam isso de lado e focalizam-se mais em focos dos personagens.

Particularmente eu achei o filme muito bom. Quando eu aluguei achei que não iria gostar até por ser um filme que não é bem o meu gênero, mas tinha que levar um filme de graça na promoção, então acabei pegando ele. E não me arrependi nem um pouco.

De Dez participantes, nove morrerão. E você estará assistindo, não estará? Compre, baixe, alugue na loja, computador, locadora mais próxima. Vale a pena.

Um comentário:

Thera Fajyn disse...

Sim, parece. Não sei se vou ver não XD, preguiça!